Início > Educação, Opinião > Fobia da verdade?

Fobia da verdade?

São incontáveis os injustiçados que surgem quando se diz algo que dificilmente alguém consegue refutar com argumentos que não sejam nascer, viver e morrer no mesmo bairro”. Depois de Miguel Relvas e antes Alexandre Mestre mostrarem um caminho alternativo aos portugueses que procuram oportunidades de trabalho. Agora o próprio primeiro-ministro veio a público indicar que a classe docente deveria olhar mais para o mundo pelas oportunidades que lhe escapam no seu país.

Será assim tão difícil de compreender os números em particular para esta classe profissional?

Somos um país cada vez mais envelhecido, isto é, nascem cada vez menos crianças. Logo é lógico que o número de professores necessários para ensinar essas crianças deverá seguir essa tendência. Havendo países com deficiências a esse nível e que têm a vantagem da primeira língua ser o português, qual é o drama de emigrar para poder fazer aquilo que supostamente se gosta?

Como os portugueses ainda são livres para tomarem opções estes podem:

  1. Optar por sujeitar-se às condições de mercado na sua zona de conforto
  2. Emigrar à procura de oportunidades que faltam no seu país, cidade, aldeia…
  3. Injustiçar-se e nas próximas eleições votar nos primeiros que vierem dizer que deve haver 1 professor por aluno.

Como a 3ª opção parece ser muito popular só posso subscrever a seguinte afirmação..

Em Portugal podemos dizer tudo menos a verdade.

Gráficos via Insurgente

Anúncios
  1. Ainda sem comentários.
  1. Dezembro 22, 2011 às 3:16 am

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: