Início > Opinião, Privilégios > Privilégio (1) [parte 2]

Privilégio (1) [parte 2]

Como já aqui referi, veio a público recentemente um dos muitos privilégios que certamente existem para quem exerce funções governativas. Com isto quero fazer lembrar a quem nos governa que o momento que vivemos e o sacrifícios que estão a ser pedidos a muitos portugueses é extraordinário e exige medidas justas para com todas as classes da sociedade.

Claro que retirar estes subsídios é um gesto puramente simbólico, mas é este tipo de gestos que dão o exemplo e permitem executar posteriormente medidas semelhantes ao restantes aparelho do estado com propriedade moral…

Curiosamente a justificação que hoje ouvi é que como a primeira residência não é na zona da capital e dado que esta tem custos agregados (IMI, água, electricidade, etc.) merece o “apoio”. E pelo que pude entender, este privilégio é realmente concedido desde que  a casa não seja a primeira residência. No entanto, não deixa de ser imoral que o titular de um cargo do estado, tendo residência, principal ou não na zona da capital, usufrua deste subsídio.

Afinal de contas quando a adquiriu o ministro não se terá preocupado com a duplicação de gastos ao ter duas (ou mais) residências. Ou seja se a comprou na altura é porque tinha como a sustentar e por essa razão deixa de fazer qualquer sentido o subsídio atribuído.

Anúncios
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: